Como forma de incentivar atitudes conscientes com relação ao futuro e ao meio ambiente, os colaboradores da Águas de São Francisco do Sul acabam de substituir o uso dos copos plásticos descartáveis para o consumo de bebidas quentes e frias por uma caneca de alumínio personalizada. A ação integrou a programação da Semana Nacional do Meio Ambiente promovida pela empresa e contribui para reduzir o impacto ambiental e incentivar as práticas conscientes entre os funcionários da empresa.

A programação também contou com palestra sobre meio ambiente para os colaboradores da concessionária, distribuição de sementes de girassol para o público e atividades do projeto EMAS (Educação, Meio Ambiente e Saúde) na Escola Ida Beatriz de Brunatto, no Majorca, e na Escola João Alfredo Moreira, na Vila da Glória.

Conforme o biólogo e coordenador de projetos socioambientais da Águas de São Francisco do Sul, Luiz Gustavo Marzollo, com a medida, toda a força de trabalho da concessionária recebeu uma caneca personalizada. Ele acrescenta que fomentar  práticas sustentáveis no ambiente de trabalho é uma tendência cada vez maior na concessionária. “Isso ocorre não só pelo fato da medida se preocupar com o meio ambiente, mas porque a concessionária tem se atentado ao fato de que apostar nas práticas sustentáveis pode ser importante para sua própria existência, influenciando na sua longevidade”.

Desde que assumiu a concessão do saneamento básico no município, a  Águas de São Francisco do Sul tem implantado cada vez mais padrões e rotinas de controle de preservação ambiental.

O problema do copo descartável

Substituir copos descartáveis por canecas ameniza:

– A utilização de água e energia elétrica para produção de copo descartável

– Menos impacto na extração de petróleo (pois é dele que o plástico provém)

– Menos matéria-prima extrativa e não-sustentável

– Menos problemas nos aterros sanitários

– Menos poluição ambiental (pois o copo descartável demora em torno de 200 anos para se decompor.